Espanhol Português Inglês
GUIA ONLINE
DE FORNECEDORES
Fabricantes Distribuidores Empresas
Busca Geral
Participe agora mesmo
CADASTRE-SE AGORA MESMO!
 


Voltar

REDUÇÃO NO CONSUMO GLOBAL DE SÓDIO UMA SOLUÇÃO DE INGREDIENTE INOVADOR

SODA-LO™ Salt Microspheres

Diversos estudos têm demonstrado que a redução no consumo de sal é uma das intervenções mais econômicas para reduzir o risco de doença cardiovascular em países desenvolvidos e em desenvolvimento.

Satisfazer as preferências do paladar dos consumidores usando ingredientes alimentícios seguros e eficazes, para reduzir o teor de sódio e, ao mesmo tempo, manter a intensidade de percepção de sal nos alimentos é uma das estratégias sugeridas para a redução global no consumo de sódio.

O SODA-LO™ Salt Microspheres é um ingrediente de redução de sal que tem sabor de base sal, rótulos, funções como o sal de verdade e pode reduzir o sal de 25 a 50 por cento em algumas aplicações.

A modelagem dietética utilizando o US National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES) demonstrou que a aplicação de SODA-LO™ Salt Microspheres poderia reduzir em aproximadamente 9% o consumo de sódio da população norte-americana. O consumo reduzido de sódio está associado ao risco reduzido de hipertensão, AVC e doenças cardiovasculares.

O excesso de consumo de sódio: um problema de saúde global

Em países desenvolvidos, quase 80% do consumo de sódio se dá através de alimentos processados1. Embora a redução dos níveis de sódio em alimentos seja um modo viável de ajudar a atingir os objetivos de saúde pública, pesquisas sugerem que apenas cortar o sal impõe vários obstáculos, tais como uma percepção inferior do sabor e uma menor procura dos consumidores. O sal (cloreto de sódio) é um ingrediente essencial usado não somente como intensificador de sabor, mas também como um conservante, aglutinante e modificador de textura. Por causa de sua versatilidade, o sal é onipresente em produtos alimentícios e essencial em alimentos básicos como pão, queijo e derivados da carne. No organismo, o sódio tem uma função essencial na função biológica das células e no equilíbrio de fluidos. No entanto, o excesso pode causar um aumento no estresse em órgãos vitais do corpo e, por fim, o excesso no consumo pode levar ao início de uma doença crônica.

As autoridades de saúde pública concordam que o consumo crônico e excessivo de sódio pode levar a aumentos na pressão arterial e ao risco de ataque cardíaco e AVC. A hipertensão contribui para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, a principal causa de morte no mundo segundo a Organização Mundial da Saúde. Estima-se que a hipertensão causa 7,5 milhões de mortes, cerca de 12,8% de todas as mortes mundiais5. O consumo de sódio global excede as necessidades fisiológicas (10 a 20 mmol/dia ou 230 a 460 mg de sódio).

As recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que, para evitar doenças crônicas, o limite superior do consumo diário em adultos deve ser inferior a 87 mmol/dia (2.000 mg/dia), ou cinco gramas por dia de sal (aproximadamente uma colher de chá).

Atualmente, o consumo de sódio em muitos países é superior a 3.500 mg/d (veja Figura 1). O consumo de sódio na Europa vai de 3.200 a 4.800 mg por dia, ou seja, uma taxa substancialmente superior às recomendações da OMS8. O consumo de sódio no México (3.600 mg/dia9), no Brasil (4.400 mg/dia10), na Argentina (4.800 mg/dia11) e no Chile (3.900 mg/dia12) são todos superiores às recomendações da OMS. O consumo de sódio no Japão, de 4.100 mg por dia, também excede as recomendações da OMS.

Colocar aqui a FIGURA 1 (pegar no PDF em anexo)

Os Americanos consomem significativamente mais sódio (>3.000 mg/dia) e sal (8,7 g) por dia que o máximo recomendado pelas Dietary Guidelines de 2010 de 2.300 mg/dia. Para indivíduos de alto risco, ou seja, pessoas acima de 51 anos, afro-americanos e pessoas hipertensas, doenças renais crônicas ou diabetes, o consumo médio atual é mais de duas vezes o limite recomendado na Dietary Guidelines for Americans de 2010, que recomenda um consumo máximo de 1.500 mg de sódio por dia para esses indivíduos. As Organizações de saúde, como os Centers for Disease Control and Prevention (CDC) e a American Heart Association (AHA)15, recomendam que o consumo diário seja diminuído até 1.500 mg/dia para todos os consumidores.

A Figura 2 mostra o consumo médio de sódio (exceto sal de mesa) por idade e por sexo nos Estados unidos durante 2007 e 2008, de acordo com a National Health and Nutrition Examination Survey, além dos níveis recomendados atuais de sódio na dieta. O consumo de sódio de moradores dos EUA de todos os sexos e idades excede consideravelmente os níveis recomendados.

Colocar aqui a Figura 2 (pegar no PDF em anexo)

Vários estudos têm mostrado que a redução no consumo de sal é uma das intervenções mais acessíveis economicamente para reduzir o risco de doenças cardiovasculares em países desenvolvidos e em desenvolvimento. Um estudo recente nos EUA mostrou que até uma modesta redução de 10% no consumo de sal evitaria centenas de milhares de AVCs e infartos durante a vida de adultos entre 40 e 85 vivos atualmente e pouparia mais de US$ 32 bilhões em despesas médicas só nos EUA. Recomenda-se, que a redução de sódio na dieta seja a primeira etapa para reduzir a hipertensão antes de iniciar a medicação.

A indústria alimentícia deve continuar a pesquisar novas tecnologias e inovações que solucionem a questão global de redução de sódio sem sacrificar a segurança, a estabilidade ou o sabor.

Nova tecnologia para produção de sal com redução de sódio nos alimentos

A única maneira de reduzir o sódio em nível global é adaptar as preferências dos consumidores quanto ao teor de sal, reduzindo o sódio nos produtos alimentícios.

Outra forma é continuar a pesquisar novas tecnologias e inovações que abordem a questão sem sacrificar a segurança, a estabilidade ou o sabor, o que atualmente esta sendo considerado pela setor alimentício.

Satisfazer as preferências do paladar dos consumidores usando ingredientes alimentícios seguros e eficazes para diminuir o teor de sódio e, ao mesmo tempo, manter a intensidade de percepção do sal nos alimentos é uma das estratégias sugeridas para a redução global no consumo de sódio. A Tate & Lyle se compromete com o desenvolvimento de ingredientes que ofereçam soluções de nutrição, saúde e bem-estar, e o SODA-LO™ Salt Microspheres é um exemplo desse compromisso.

Inovação em redução de sódio: SODA-LO™ Salt Microspheres

O SODA-LO™ Salt Microspheres é um ingrediente de redução de sal, com sabores, rótulos e funções similares ao sal, porque é base sal. Oferecido pela Tate & Lyle, o SODA-LO™ Salt Microspheres pode reduzir o sal de 25 a 50 por cento em algumas aplicações por meio de sua tecnologia de patente pendente que transforma os cristais de sal em microesferas ocas de sal e de fluxo livre que aumentam a percepção do sabor salgado na língua.

Pesquisas sensoriais da Tate & Lyle mostram que os consumidores percebem o sabor de produtos feitos com o SODA-LO™ Salt Microspheres são equivalentes a produtos feitos com sal normal. Este produto trata das necessidades da redução de sódio sem comprometer o sabor. Numa lista de ingredientes de produtos, o SODA-LO™ Salt Microspheres normalmente aparece simplesmente como sal.

O SODA-LO™ Salt Microspheres pode ser usado numa variedade de produtos e está sendo avaliado em:

  • Pães.
  • Empanados/coberturas.
  • Salgadinhos.
  • Molhos, condimentos.
  • Queijos, carnes.
  • Biscoitos, massas.

A modelagem dietética com base nos dados da US NHANES 2007-2010 demonstraram que o potencial de uso do SODA-LO™ Salt Microspheres com reduções de sódio variando de 20 a 30% em 953 alimentos como target, podiam reduzir em aproximadamente 9% o consumo de sódio na dieta38. Com base nessas reduções modeladas, espera-se que de 5% a 9% da população dos EUA estariam dentro das recomendações alimentares atuais para a população geral de 2.300 mg/dia. A redução no excesso crônico do consumo de sódio ajudaria a reduzir o risco de hipertensão e doenças cardiovasculares.

O SODA-LO™ Salt Microspheres é um ingrediente de redução de sal com sabores, rótulos e funções similares ao sal, porque é base sal.

*As exigências de rotulagem variam de acordo com o país.

Tate & Lyle: inovando para satisfazer as necessidades da saúde, da nutrição e do bem-estar

Compromisso com a inovação

A Tate & Lyle, líder mundial em inovação para o bem-estar, se compromete em oferecer ingredientes inovadores que podem ser incorporados a alimentos saborosos para ajudar os consumidores a satisfazer suas necessidades de nutrição, saúde e bem-estar todos os dias. Isso porque a Tate & Lyle investe pesadamente em inovação e pesquisa, e no desenvolvimento de ingredientes que possam ser incorporados numa ampla gama de soluções de bebidas e alimentos saborosos. Equipes de cientistas de nutrição e alimentos estão continuamente inovando, pesquisando e testando ingredientes que atendam as necessidades de saúde e nutrição do futuro.

Ao mesmo tempo, a Tate & Lyle tem um robusto programa de pesquisa de mercado projetado para fornecer as percepções necessárias quanto às preferências dos consumidores de todo o mundo. O programa de pesquisa permite à Tate & Lyle personalizar e fornecer soluções sob medida nos mercados locais e regionais.

Ingredientes para a saúde e o bem-estar de todos

Em resposta aos esforços sanitários globais de alertar as pessoas quanto à redução de calorias e do consumo de sódio e ao aumento do consumo de fibras, a Tate & Lyle oferece um número de soluções de ingredientes inovadores que satisfazem essas necessidades.

Tate & Lyle Brasil S/A

www.foodnutritionknowledge.info

www.tateandlyle.com




Downloads:



 

Telefone:

+55 11 5524-6931

Celular:

+55 11 99998-0506

Fique conectado:

Curta nossa Fanpage:
facebook.com/RevistaFIB

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Sargento Geraldo Santana,
567 – 1º andar
CEP 04674-225
São Paulo, SP - Brasil

001